Orawan / stock.adobe.com

Asma, bronquiolite e pneumonia: entenda as diferenças das síndromes respiratórias nas crianças

zinkevych / stock.adobe.com

Com o aumento da procura em emergências pediátricas, alguns pais podem ficar mais preocupados com os sintomas respiratórios apresentados pelas crianças e logo pensar que são doenças mais graves.

Especialistas salientam que a maioria dos casos que chegam ao serviço de urgência poderia ter sido controlada em casa, principalmente se ficarem mais tranquilos com relação ao controle da febre alta com um antitérmico e souberem monitorar possíveis agravantes.

mbazilio / stock.adobe.com

Nas situações em que a hospitalização é necessária, os registros mais recorrentes são as crises de asma ou quadros de bronquiolite e pneumonia.

danilo / stock.adobe.com

De acordo com a pneumologista pediátrica do Hospital da Criança Conceição, Maria Isabel Athayde,  a febre alta e persistente acima de 39 graus e a falta de ar seriam circunstâncias relevantes para considerar a busca pela emergência.

Confira as diferenças entre as doenças.

>>

pixarno / stock.adobe.com

O que é: doença respiratória alérgica e de causa genética que se caracteriza pela repetição de crises de falta de ar. É controlável com medicação preventiva específica para evitar as crises de acordo com o perfil do paciente.

ASMA

Gennaro Coretti / stock.adobe.com

Sintomas: crises de falta de ar, chiado no peito, tosse seca persistente que ocorrem em resposta a algum desencadeante, como gripe ou contato com fumaça, por exemplo. Tratamento: na crise, é feito com uso de broncodilatadores.

ASMA

Leonidas / stock.adobe.com

O que é: infecção respiratória da via aérea inferior causada por vírus e que acomete bebês.

BRONQUIOLITE

2hotza 3dietan / stock.adobe.com

Sintomas: falta de ar, chiado no peito, respiração rápida, dificuldade em aceitar alimentos e para dormir. Tratamento: não existe um específico, mas algumas crianças precisam de internação para receber oxigênio.

BRONQUIOLITE

yodiyim / stock.adobe.com

O que é: doença respiratória que atinge o pulmão, podendo ser viral ou bacteriana.

PNEUMONIA

decade3d / stock.adobe.com

Sintomas: recusa alimentar, dificuldade para respirar, respiração rápida, febre alta persistente e abatimento (mesmo quando a febre baixa). Tratamento: antibiótico nos casos bacterianos. Na viral, controle dos sintomas com medicação. Há casos em que é necessária internação para cuidados hospitalares.

PNEUMONIA

annanahabed / stock.adobe.com

Entre as três complicações, apenas a asma tem um fator genético, podendo ser controlada antes da crise com medicações específicas para o perfil do paciente. Já a bronquiolite e a pneumonia são doenças respiratórias transmissíveis por vírus (ou bactéria, em alguns casos da pneumonia).

Confira outras matérias de Saúde

GOSTOU DO CONTEÚDO?

Acompanhe as últimas notícias em GZH